No passado mês de janeiro, a Samsung anunciou o seu novo topo de gama da série S com a promessa de este ser o melhor flagship do mercado. Como maior novidade temos o facto de, pela primeira vez, ser possível usar uma S Pen num smartphone que não pertença à gama Note, apesar desta não vir com o equipamento. O único acessório que acompanha o telemóvel é um cabo USB C.

Com o uso diário de uma semana, apresento-vos agora 5 pontos que considero positivos e 5 pontos negativos que podem ser melhorados pela Samsung.

Os Pontos Positivos

1. Bateria

Com uma bateria de 5000 mAh, o S21 Ultra 5G tem autonomia suficiente para mais de um dia mesmo usando o ecrã com a resolução FHD+ e a taxa de atualização a 120Hz. O tempo de ecrã ligado pode variar entre as 5 horas e as 7 horas.

2. Qualidade de construção

Photo by Anh Nhat / Unsplash

O Samsung S21 Ultra 5G tem um corpo em metal que lhe dá um toque premium que se exige a um telemóvel de topo. A cor Preto Mate faz deste smartphone um dos telemóveis mais bonitos feitos pela Samsung nos últimos anos.

3. S Pen

Pela primeira vez, é possível usar uma S Pen num smartphone que não seja da gama Note. Isto apenas é concebível no S21 Ultra 5G. Com um ecrã de 6.8 polegadas, considero que foi uma boa aposta da Samsung permitir o seu uso. A S Pen tem de ser adquirida separadamente e vem acompanhada de uma capa para o telemóvel que permite encaixar a caneta na lateral da capa.

4. Câmaras

Photo by Anh Nhat / Unsplash

É impossível falar do S21 Ultra 5G sem falar das câmaras. O telemóvel vem equipado com 4 câmaras traseiras e 1 frontal. Tal como esperado e exigido de um topo de gama, o smartphone não desilude e garante fotografias perfeitas tanto em ambientes iluminados como no modo noite. Para quem não gosta de andar carregado com uma máquina fotográfica e pretende tirar excelentes fotografias ou gravar vídeos de alta resolução, a Samsung fez um excelente trabalho nesta secção.

5. Multitasking

A Samsung, com a sua personalização do Android, permite um multitasking fantástico. Desde a troca entre aplicações com um simples gesto, passando pelo ecrã dividido permitindo usar duas aplicações ao mesmo tempo e não esquecendo a possibilidade de colocar aplicações em balões, o que permite abrir, utilizar a app e fechar com um simples toque. Quem usa muito o telemóvel para trabalho ou como auxiliar de estudo, está funcionalidade dá uma grande liberdade ao utilizador.

Os Pontos Negativos:

1.      Peso

Devido ao tamanho do smartphone e à grande bateria que tem, torna-se um telemóvel pesado para um uso seguido. Para quem tem mãos pequenas ainda será um desconforto maior, pois terá o esforço adicional para conseguir chegar à parte superior do ecrã.

2.      Preço

A Samsung colocou um PVP para este topo de gama de 1279€. O telemóvel foi lançado em plena pandemia, numa altura em que o mundo prepara-se para enfrentar uma potencial crise económica sem precedentes, pedia-se à Samsung um ajuste nos preços. Excluindo os smartphones desdobráveis, trata-se do equipamento convencional mais caro do mercado.

3.      Always On Display

Young man holding phone in his hands at a desk. There are notifications on screen.  Picture taken by Jonas Leupe (www.brandstof.studio) for Tandem Tech (www.tandemtech.be)
Photo by Jonas Leupe / Unsplash

Ao colocar o telemóvel no bolso, o Always On Display não é desativado. Isto leva a um consumo de bateria desnecessário, mas que pode ser solucionado no futuro, caso seja do interesse da Samsung pois é possível usar o sensor de proximidade (o mesmo que é usado para desligar o ecrã durante as chamadas) para tal. Uma simples atualização e que seria um bom upgrade a esta funcionalidade.

4.      Aquecimento

Ao usar o smartphone durante muito seguido, nota-se um aquecimento na parte traseira do equipamento. Por vezes, basta abrir a aplicação da câmara e o telemóvel começa logo a aquecer. Isto é mais uma situação que é possível resolver pela Samsung através de uma atualização de software.

5.      Sem Carregador incluído

A tendência, desde 2020, é as marcas não incluírem o carregador nas caixas dos smartphones e a Samsung não foi exceção. Um equipamento premium e que tem um preço tão elevado deveria trazer o carregador incluído. Seria uma boa maneira da Samsung se diferenciar das outras marcar e certamente deixaria os seus clientes mais felizes.

Colocando na balança os aspetos positivos e negativos, o S21 Ultra trata-se de um smartphone bastante equilibrado. Para quem procura um telemóvel de topo, este telemóvel é certamente uma das opções a ter em conta.