Atualmente, as compras online têm vindo a crescer a um ritmo alucinante, principalmente por causa da pandemia de COVID-19 que obrigou muitos estabelecimentos comerciais a fechar as portas ou a funcionar com horários limitados. Por causa disso, cada vez mais os consumidores optam por comprar os seus produtos online, sendo o PayPal uma das formas de pagamento preferidas, devido à alta reputação e segurança da empresa de pagamentos eletrónicos.

No entanto, acontece por vezes recebermos produtos que não têm nada a ver com aquilo que nos foi mostrado aquando da compra, ou que, pior ainda, nem chegam a nossa casa. O que fazer quando isso acontece? Bem, o PayPal oferece a opção de 'refund' (reembolso) para essas tristes ocasiões. Basicamente, o processo de reembolso é uma disputa com o vendedor na qual o PayPal é o mediador. Através deste recurso, poderás recuperar o teu dinheiro caso tenhas sido defraudado.

A ter em conta


Para pedires um reembolso do teu dinheiro, terás que abrir uma disputa com o vendedor, uma opção presente no site do PayPal. Apesar do nome pomposo, não te preocupes que todo este processo não envolve discussões diretas com a empresa ou pessoa que te vendeu o produto defeituoso ou inexistente, nem tribunais, nem nada de muito complicado. O que acontece aqui é que o PayPal irá analisar a situação, e caso te dê razão serás reembolsado no teu cartão de crédito ou conta PayPal com o montante despendido na compra. Trata-se de um processo simples no qual o PayPal decide quem tem razão.

Tens 180 dias para pedir o reembolso a partir da data da compra. Depois, caso o PayPal te dê razão, serás reembolsado no prazo mínimo de 30 dias e máximo de 60 dias. Avisamos desde já que é muito mais provável teres mais sucesso em casos de compra de produtos. Se a compra pela qual queres ser reembolsado ter sido de serviços, torna-se um pouco mais complicado, dado que envolve sempre uma análise mais exaustiva e, muitas vezes, é difícil provar que o mesmo não te foi devidamente oferecido. No entanto, mesmo nestes casos, ainda há esperança e, caso tenhas mesma razão, as hipóteses de sucesso ainda são boas.

Como pedir um reembolso

1. Acede à tua conta PayPal.

2. Clica em 'Atividade' – uma opção que se encontra no menu da página inicial do PayPal – e verifica a tua atividade recente.

3. Depois de identificares a operação que correu mal, a que queres ter o teu dinheiro de volta, clica em cima dela para revelar os detalhes.

4. Nessa opção, clica em 'Comunicar um problema'. É neste momento que comunicas ao PayPal que ocorreu um problema com a tua compra e a empresa recebe a notificação.

5. Descreve o problema e envia. Normalmente, nesta fase, alguns vendedores querem evitar problemas e fazem o reembolso por iniciativa própria.

6. Caso isso não aconteça, faz uma reclamação. Tem em mente que só dispões de 20 dias após o início da disputa para fazeres a reclamação. Esses 20 dias é o tempo que o PayPal dá para ver se tanto o comprador como o vendedor resolvem o problema amigavelmente.

7. Depois de teres iniciado a reclamação, terás de aguardar pela conclusão da análise do problema por parte do PayPal. Para ires verificando o estado do caso basta acederes a Ajuda > Centro de resoluções no menu superior do site do PayPal. Se fores reembolsado, isso acontecerá num prazo máximo de 60 dias. O resultado final da disputa aparecerá como 'Concluído' – esperamos nós que a teu favor!